Até ao meio dia é tempo de recolher informação, estudar opções, fazer contactos. Depois o mais acertado é reflectir, interiorizar as possibilidades e estar pronto para uma inversão de rumo. Tudo isto porque a Lua de manhã ainda está em Gémeos para de seguida entrar em Caranguejo enquanto o Sol em Leão faz quadratura a Urano em Touro. Porque também Vénus e Marte estão em Leão, o sentido do ego, a força da identidade estão exacerbados e a urgência de colmatar carências de acção e levar as ideias por diante é maior dado o trígono do Sol e Vénus a Quiron em Carneiro e o trígono de Marte a Júpiter em Sagitário. No entanto o exercício da vontade, do querer só por querer, não dá resultados e vamos ter de inverter marcha ou melhor, estar abertos a mudar de rumo, de perspectiva, de querer, isto pela quadratura do Sol a Urano em Touro que até ao final da semana se transforma numa verdadeira mudança de valores quando Vénus estiver também ela em quadratura exacta a Urano, no grau onde está hoje o Sol. A semana arranca assim cheia de vontades mas também cheia da necessidade de alterarmos essas vontades, para outras mais ajustadas à necessidade de segurança emocional ou doméstica. Atenção aos custos emocionais e financeiros dos investimentos teimosos do coração ou da bolsa.