Todo o sábado e até domingo à tarde, com a Lua em Virgem em bons aspectos a Saturno e a Plutão em Capricórnio o mais adequado é respondermos à necessidade de tratar de assuntos práticos, contas, detalhes, arrumações ou preparativos, a maior parte dos quais há de estar relacionado com questões domésticas, da casa ou da família, agora possíveis de resolver jia que Mercúrio, regente da Virgem está em Caranguejo,  em moção directa e em recepção mutua à Lua. Com Sol, Vénus e Marte em Leão, apesar do sentido crítico que a Lua em Virgem estimula, é mais difícil termos um olhar crítico sobre nós próprios e facilmente caímos na tentação de orgulho, arrogância ou ideias de grandeza, mais ainda dado o trígono que fazem  Júpiter em Sagitário que tudo exacerba.

No domingo à tarde a Lua entra em Balança e não podemos mais estar auto-centradados. Preocupa-nos o equilíbrio das relações e é para a justiça entre o que damos e o que recebemos que nos viramos mas sem deixar de estar conscientes de como isso se articula com o nosso amor-próprio, por Vénus regente da Balança estar em trânsito em Leão.

Neste fim-de-semana, quanto mais nos dedicarmos a fazer coisas úteis, práticas e que aproveitem aos outros menos vamos sentir o desiquilibrio das relações no domingo à tarde e menos ajustamentos teremos de fazer na segunda feira quando a Lua estiver em quadratura a Saturno e a Plutão.