Pensamos que sabemos mas acabamos por ser surpreendidos hoje por outras perspectivas ou novos valores, a que com sensibilidade e compaixão temos de dar ouvidos, com Mercúrio em Leão em quadratura a Urano em Touro e  em quincúncio à Lua em Peixes. Apesar do Sol, Vénus e Marte em Leão serem uma tentação para a arrogância, orgulho ou qualquer outro excesso de ego, o facto é que há que ser flexível e estar aberto a informações que alterem a  percepção e nos levem a mudar de postura. Isto não quer dizer posições moles, antes pelo contrario, um trígono de Vénus a Eris em Carneiro alia a beleza e o conflito e encoraja-nos a lutar pelo que amamos, desde a cor com que pintar a parede até à paixão do coração. Mas essa defesa do que nos move tem também ela descer flexível porque o que era válido ontem pode não ser já válido hoje. O biquintil de Júpiter em Sagitário a Urano em Touro diz-nos que é com inteligência e criatividade que devemos aproveitar a mudança de circunstâncias e perspectivas.