São favoráveis os Céus hoje a investimentos novos e a trabalhos em que apliquemos novas tecnologias de forma a fazer do velho novo e satisfazer a necessidade de acção e amor pela organização. Sol, Marte e Vénus continuam em trígono a Urano em Touro, aproximando-se de um trígono a Saturno, em aspectos de concretização de projectos em que inovar deve ser o objectivo. Um qguincúncio dos planetas em Virgem a Quiron em Carneiro e o um trígono deste à Lua em Leão mostra como é importante neste processo ultrapassar velhas feridas incapacitastes e mostrar quem somos e do que somos capazes. Mais ainda, um trígono da Lua a Júpiter em Sagitário permite-nos voar alto nessa afirmação de identidade e escolhas. É preciso apenas ter atenção à forma como comunicamos- já que o discurso egocêntrico de Mercúrio em Leão choca em sesquiquadrado com limites e restrições pré-existentes de Saturno e Marte em Vénus embatem também em sesquiquadrado com Plutão o que pede cuidados e flexibilidade para conseguir metamorfoses.