Hoje e amanhã são dias desafiantes em que todas as nossas iniciativas se confrontam com restrições ou forças maiores, não para sairmos disso frustrados  mas sim para nos focarmos no melhor que é possível fazer. Deve-se isto nesta sexta e no sábado ao trânsito da Lua em Carneiro onde começa por, depois da quadratura a Júpiter e conjunção a Quíron,  fazer quadratura ao Nódulo Norte em Caranguejo -que rege -e de seguida faz quadratura a Vénus, Saturno e Plutão em Capricórnio.  O que isto implica é de facto uma sequência de situações derivadas da quadratura do Sol em Sagitário a  Neptuno em Peixes que nos colocam à partida num patamar de expressão pouco claro apesar das boas intenções.  Não só o nosso propósito não é claramente perceptível para os outros como, talvez para compensar, agimos com a força e cegueira da Lua em Carneiro, impetuosamente, de forma a ter impacto nas estruturas em que estamos inseridos e queremos transformar, com Marte regente do Carneiro em trânsito em Escorpião e em sextil a Vénus em Capricórnio. O resultado são muros que se erguem e nos obrigam a reprimir as iniciativas menos reflectidas dada a quadratura da Lua a Saturno e a Plutão. A chave do sucesso está na aposta em inovar de forma inteligente e pôr em marcha desenvolvimentos ordenados de que venhamos a beneficiar no futuro, dando saltos de nível, com Júpiter em Capricórnio em trígono durante a próxima semana a Urano em Touro.

 

Apoie este site em https://www.patreon.com/join/rositaiguana?