Energia para a Semana 26 Abr – 2 Mai: XX O JULGAMENTO / EÃO

Por Clara Days

Palavras-chave: revelação; iluminação; reparação; renascimento

Agora posso olhar para trás, rever quem fui e como cheguei até aqui. Agora posso elevar-me e conseguir separar o trigo do joio, distinguir o que valeu a pena do que não valeu. Agora posso ver o que fiz e escolher o melhor de mim para o que vou fazer, para quem vou ser. Posso rever, perdoar, redimir, renascer.
Foi preciso percorrer o caminho… Foi preciso experimentar, correr, tropeçar, até voar, às vezes. Foi preciso errar, sofrer, tentar ultrapassar. Tudo foi preciso, para que agora possa estar aqui. Estou acima de mim e vejo-me: as lições que há para tirar estão à vista, ao alcance da mão. Tiro as lições. Aprendo, progrido, avanço. Transformo-me, se quiser. Agora, posso transformar-me.
Todas as prioridades podem ser revistas. Todos os desejos podem ser reformulados. Toda a ambição se relativiza, porque tenho um novo olhar. O mundo interpela-me, as circunstâncias exigem que me reencontre ou me reinvente. Posso ser melhor do que nunca fui, depois disto.
E o que é ser melhor? Não é ter mais, é querer mais. Não é querer ter, mas querer ser. Ser mais eu. Ser mais autêntico, mais coerente, mais compassivo. Não julgar, não presumir, não dissimular, não agredir, não rebaixar, não virar a cara perante o que se passa no mundo e nos outros. Assumo o meu lugar e elevo o meu olhar. Perdoo-me, para prosseguir.

Quem não estiver a ser capaz de se repensar, agora, quando será que consegue? Em certa medida, é agora ou nunca, porque nunca vivemos um tempo como o que estamos a viver. O desespero e a esperança estão tão intensamente de mãos dadas, no mundo inteiro… E é dessa contradição que nasce o meu questionamento, porque, do que está mal, posso fazer o alicerce para construir um bem maior.
É tempo de desprezar os anéis e olhar os dedos, os dedos das minhas mãos. “Com mãos tudo se faz e se desfaz”, dizia um poeta. Para que usarei as minhas mãos? Para que usarei o meu querer? Para onde orientarei o meu sonho?
“Tudo vale a pena, se a alma não é pequena”, outro poeta dizia. E assim é. Se a minha alma não é maior agora, é porque não fui capaz de aprender as lições que estão ao meu alcance. E só com essa alma renovada poderei desenhar planos, no futuro, como for, ou quando for.
Nada ficará como dantes, parece ser consensual. Como participo eu nessa mudança? Antes de mais, aprendendo. Revendo as minhas prioridades. Separando o trigo do joio nos meus afectos, nos meus desejos. Abrindo o coração à generosidade, à compaixão e à gratidão.
Tudo pode acontecer. E eu posso renascer, preparado, depois desta provação.

Imagem : Tarot Wild Unknown, de Kim Krans, 2016

 

Clara Days

One thought on “Energia para a Semana 26 Abr – 2 Mai: XX O JULGAMENTO / EÃO

Add yours

  1. Hoje é o meu dia de aniversário, que bem que me soube ler isto é extamente isto que sinto neste período de quarentena.
    Que tudo isto nos ajude a ser mais nós próprios e melhores para com os outros.
    Grata por esta prendinha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: