Só quem pode…

Semana de 28 de Junho a 4 de Julho-Este final de Junho e começo de Julho dá-nos sinais claros para só irmos até onde podemos ir. Todo o exercício da vontade que não esteja assente na possibilidade de produzir efeitos concretos, transformadores, só redundará em frustração, zanga, queda.

Toda a semana Marte, o planeta da acção, activa a quadratura entre Saturno e Urano, a segunda deste ano – a primeira foi em Fevereiro e a última será em Dezembro – e dá aso, à mais variada revolta face às regras a que institucionalmente estamos sujeitos. Marte está em Leão e é orgulhosamente que queremos rugir afirmando na tensão da quadratura a Urano em Touro o desejo de agir de forma independente, inovadora, atitude que se confronta com as regras, limites e responsabilidades impostas na oposição a Saturno em Aquário. Desta segunda-feira até à próxima é apenas deste desafio à ordem que se trata. Só quem tiver de facto o poder e capacidade de mudar qualquer coisa é que leva a sua avante. Quem tiver só vontade acaba por ser obrigado a rever planos inadequados às circunstâncias. O problema é que é difícil ter atitudes realistas já que a Lua toda a semana de um modo ou de outro nos leva a sonhar que tudo é possível e que podemos ter as iniciativas que sempre desejámos ter. Mas o mais provável é estarmos errados…

Assim, no arranque desta semana, o sonho, aquele que se diz que comanda a vida, é infelizmente fonte de muito engano a menos que conscientemente o estejamos a aplicar em actos criativos. Entre segunda e quarta-feira a Lua transita o signo de Peixes onde faz conjunção a Júpiter e a Neptuno. Isto são como amplificadores de todos os sentires, amor, compaixão, poesia, inspiração, fé, fezadas, alcóol, droga, fantasias místicas ou futebolisticas… Escapar à realidade ou fazer da ideologia verdade única são riscos destes trânsitos que por outro lado também permitem o acesso a algo mais elevado que tem de ser temperado com os meios concretos disponíveis para lhes dar sentido prático. Quinta e sexta-feira a Lua em Carneiro que acção, nossa ou a dos outros, qualquer acção que rompa com a insatisfação sentida com a conjunção a Quíron. No sábado a quadratura da Lua a Plutão reforça a lembrança de que não é tudo como queremos e no domingo o melhor é fazermos qualquer coisa de diferente pela nossa própria iniciativa – mesmo assim podemos ser surpreendidos pelas circunstâncias com a Lua conjunta a Urano, quadrada a Marte e a Saturno….

É interessante antecipar que, se esta semana é Marte que activa a quadratura Saturno/Urano, para a semana será Vénus -que já entrou em Leão-, de seguida a Lua Cheia, conjunta a Saturno no dia 24 de Julho e, por fim, o Sol e Mercúrio, na primeira semana de Agosto. Ou seja, todos os chamados planetas pessoais- Sol, Lua, Mercúrio, Vénus e Marte, vão, desde este final de Junho até ao princípio de Agosto, ter de enfrentar regras em revisão com Saturno retrógrado- e o impulso cada vez maior de liberdade, proporcionado por Urano que só entra retrógrado a 20 de Agosto. Primeiro a vontade cega – Marte, de seguida o desejo- Vénus, depois os medos- a Lua, a que se somam no arranque de Agosto toda a energia vital- Sol, e a forma de comunicar- Mercúrio vão ser postos à prova e só passará o teste quem conseguir equilibrar as energias do ego à força das circunstâncias.

De facto, qualquer saída de rotina é complicada. O Sol, sempre em Caranguejo, lembra-nos que o importante é a segurança emocional, a casa, a família. É isso que temos de defender com toda a consciência.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: