Afinal o que queremos??

24-30/1/22 – Para melhor entendermos este final de mês é preciso recuar a cerca de 20 de Dezembro e refletir sobre o que parece ter ficado suspenso na forma como nos relacionamos, na ordem dos nossos afectos ou investimentos, na ambição que tínhamos de um amor seguro, estabilidade a longo prazo, um governo da vida ou de sociedade à prova de abalos. A 20 de Dezembro, para além da restante turbulência dos Céus, Vénus, o planeta do amor, desejo, das relações, dinheiro e do que dá prazer, entrou retrógrado conjunto a Plutão a 25 graus de Capricórnio. Plutão simboliza a morte e renascimento, Capricórnio a ordem estrutural, a organização de vida pessoal e colectiva, os limites e responsabilidades, a estabilidade e resiliência que nos é pedida. Vénus conjunta a Plutão em Capricórnio, ao entrar retrógrada nos Céus trava todo esse processo de re-construção ou re-ordenamento,  põe-o em causa, obriga-nos a refletir sobre onde estávamos investidos, a corrigir percursos e a ganhar força para criar novas formas de prosseguir caminho quando, terminado esse tempo exterior de suspensão de progresso e esse tempo interior de correcção de rumo, Vénus entrar directa. 

Entretanto, a 8 de Janeiro, Vénus retrógrada fez conjunção ao Sol e por volta deste dia tornou-se mais claro o que tínhamos de deixar, o que devíamos abraçar e como investir nessa mudança.  Ainda está tudo muito no escuro mas esse tempo de germinação interna termina no domingo dia 30 quando Vénus  fica directa a 11 graus de Capricórnio, em trígono a Urano, o planeta da inovação que também esteve retrógrado desde meados de Agosto, ficando directo apenas na semana passada, no dia da Lua Cheia em Caranguejo  – o que exaltou as dificuldades de enquadramento de resposta às necessidades individuais no mundo em que se está. A revolução que Urano directo em Touro postula ilustra a relevância de apostarmos em novos valores. Mas, como o Touro é regido por Vénus, só depois de dia 30 – quando esta entrar directa – será mais fácil re-orientar os nosso investimentos afectivos numa nova organização individual ou colectiva.  E porque Vénus só volta ao ponto de conjugação com Plutão na primeira semana de Março, teremos até lá mais de um mês para semear a diferença que nos deverá re-orientar até ao final do ano. 

A comunicação de tudo isto, ou a lógica do governo da vida ou da sociedade também tem estado sujeita a revisão e assim será até 5 de Fevereiro, dia em que Mercúrio retrógrado fica directo a 24 graus de Capricórnio, perto do ponto chave do arranque da retrogradação de Vénus. Nesse mesmo dia, o Sol estará conjunto a Saturno em Aquário, numa abertura de ciclo em que responsabilidade e frustração são condicionantes.  Desta extraordinária dança planetária podemos retirar que a lógica a ser prosseguida individual e colectivamente  – para melhor gerir as crises plutonianas  em curso de transformação estrutural das relações pessoais, políticas e financeiras – só a partir de 5 de Fevereiro poderá exprimir o que se começar a definir com Vénus directa dia 30. No entanto, uma vez mais a flexibilidade é fundamental porque no final desta semana e no início da semana que vem fica exacta a quadratura entre Sol em Aquário e Urano em Touro e a estabilidade desejada assume contornos de ruptura ultrapassáveis apenas depois de 5 de Fevereiro.

O terceiro aspecto de relevância esta semana é o ingresso de Marte em Capricónio. Neste signo,  onde estão em trânsito Vénus. Mercúrio, Putão e a Lua- no sábado e no domingo –  Marte vai revelar uma energia persistente de direcionamento do futuro, com avaliação das consequências dos impactos e alguma rigidez nas abordagens de mudança das estruturas existentes.  Uma vez mais, o calendário astral leva-nos para a primeira semana de Março quando Vénus e Marte fizerem conjunção a Plutão, chegarmos a um extremo do qual sairemos melhor graças à conjunção que o Sol simultaneamente fará a Júpiter em Peixes.  Até lá é uma lenta caminhada em que ajustaremos o que desejamos ao que pode ser. 

Boa semana!

E se lê estes posts com regularidade, porque não apoiar o trabalho e os custos de manutenção do site?

CONTRIBUA AQUI PARA ESTE SITE

AULAS 2s e 4s Feiras

ASTROLOGIA ÀS SEGUNDAS às 21 Horas- Aulas temáticas por Zoom. Duração 1.30H. Inscrição por mail rositaiguana@mac.com. Cada aula 10 euros. Pode enviar o seu horóscopo se quiser que seja usado como exemplo na aula. Dúvidas etc: rositaiguana@mac.com ……

AULAS DE TÉCNICA DE LEITURA DE HORÓSCOPOS ÀS QUARTAS ÀS 21 Horaspor Zoom. Duração 1.30H. Inscrição por mail rositaiguana@mac.com. Cada aula 10 euros. Pode enviar o seu horóscopo se quiser que seja usado como exemplo na aula. Dúvidas etc: rositaiguana@mac.com ……

PARA MARCAR CONSULTA: rositaiguana@mac.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: