Lua Nova em Caranguejo: o desafio da contenção

O que está a ser testado esta semana é a nossa capacidade de moderação face ao ímpeto com que se manifestam as tendências defensivas de casa, familia, nação, numa Lua Nova em Caranguejo quadrada a Júpiter em Carneiro na madrugada de quarta-feira 29 de Junho. Este novo capítulo, nessa área da segurança emocional, doméstica ou patriótica que a Lua Nova em Caranguejo simboliza é potenciado não só pela quadratura a Júpiter – que tudo empola -como por uma conjunção a Lilith ou Lua Negra, o ponto da órbita lunar em que ela mais distante está da Terra, o seu apogeu. Simboliza o conflito interior e a necessidade de pensarmos e agirmos de forma independente, o que é particularmente dífícil no Caranguejo, signo onde a energia maior é a de busca de “ninho”. Temos assim um abrir de ciclo em que tudo que tenha a ver com os temas do Caranguejo será exagerado e exigirá reflexão autónoma e contenção na resposta. A quadratura a Júpiter em particular inflaciona o ego que quer encobrir as inseguranças do signo da Lua.

A grande dificuldade de reserva, de manter a capacidade de observar antes de reagir, está patente nos aspectos dos dias que se seguem, em particular o avanço do guerreiro Marte em Carneiro para uma quadratura a Plutão em Capricórnio, exacta no dia 2 de Julho, sábado. Esta é a primeira quadratura depois da conjunção de Marte a Plutão no início de Março quando a ofensiva russa sobre a Ucrânia se agravou, a seguir à invasão a 24 de Fevereiro, com Marte já em órbita de conjunção. Na quadratura o desejo de controlo total das situações e as dificuldades que isso implica tornam-se mais gravosas e violentas e, por isso, se em termos globais podemos vir a assistir a um aumento dos conflitos, tanto a guerra em curso como a oposição á restrição nos EUA dos direitos das mulheres ao aborto – tema bem Caranguejo- em termos individuais temos também de tentar conter o ímpeto de levar tudo pela frente para atingir os nossos objectivos, apesar das reservas de força aparentemente inesgotáveis de pensamos dispor. Na quinta feira, a Lua faz oposição e Plutão e quadratura à Lua, no Caranguejo e seremos forçados, em conflito a deixar para traz velhas seguranças, mesmo sem saber bem para onde vamos.

No fundo, é difícil identificar claramente quais as melhores opções. Vénus está em Gémeos e Mercúrio também, este a avançar para uma quadratura exacta a Neptuno em Peixes que favorece a falta de clareza, a dualidade, a mentira, a ilusão. Com o Nódulo Norte e Urano a avançarem em Touro para uma conjunção rara da qual Marte também vai fazer parte, no arranque de Agosto próximo, em quadratura a Saturno e com Vénus, que rege o Touro nessa altura em Caranguejo, a aproximar-se de uma oposição a Plutão, os temas desta semana e desta Lua Nova não se vão ficar por aqui e desenvolvimentos mais radicais estão em agenda no decorrer do Verão.

Há um sextil a decorrer entre Neptuno e Plutão que tinge de ideologia todas as transformações estruturais da sociedade enquanto Saturno em Aquário persiste na restrição de liberdades colectivas, antes de entrar em Peixes, para o ano, em que assistiremos certamente a imposição de princípios ideológicos e dogmáticos onde antes o espírito era livre de inquirir. Neste contexto, de facto, esta Lua Nova em Caranguejo, a seguir ao Solstício guerreiro da semana passada, de defesa dos valores tradicionais, é prenúncio de um certo conservadorismo que, no entanto, não deixará de ser contestado.

Sábado e domingo, a Lua em Leão que nos leva a querer mostrar individualidade, criatividade, choca com Urano e Saturno e vamos ter de esperar por segunda feira para uma abordagem mais racional produzir melhores resultados.

Boa semana!

Tela de Philippe Perrin

E se lê estes posts com regularidade, porque não apoiar o trabalho e os custos de manutenção do site?

CONTRIBUA AQUI PARA ESTE SITE



ABERTAS AS INSCRIÇÔES PARA OS NOVOS MÓDULOS (em Setembro)

1- ASTROLOGIA ÀS SEGUNDAS – às 21 horas- Aulas temáticas por Zoom

Duração 1.30H

Limite de inscrições.

Cada aula 10 euros

Inscrição prévia por mail.

Estrutura do Curso- em doze semanas, planeta a planeta o objetivo é explorar a sua simbologia, a ligação aos signos e as casas do horóscopo assim como as chaves de interpretação.

Cada participante pode ao inscrever-se enviar o seu horóscopo e dizer que pode ser usado como exemplo na aula.

Dúvidas etc: rositaiguana@mac.com



2- AULAS DE TÉCNICA DE LEITURA DE HORÓSCOPOS ÀS QUARTAS ÀS 21 Horas: por Zoom. 

Duração 1.30H. Inscrição por mail rositaiguana@mac.com. 

Cada aula 10 euros. Pode enviar o seu horóscopo se quiser que seja usado como exemplo na aula.

Dúvidas etc: rositaiguana@mac.com

———————————————————————

PARA MARCAR CONSULTA: rositaiguana@mac.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: