Energias para a Semana 13-20/11/22:A SACERDOTISA II E A TEMPERANÇA / ARTE XIV

Por Clara Days:

Palavras-chave: intuição e equilíbrio; interiorização e moderação; estar consigo e estar com outros.

Depois de umas semanas em que fomos influenciados por uma energia mais “masculina”, aventureira e radical, há agora um duplo apelo: o de nos virarmos para dentro, enquanto precisamos de gerir os contrastes que acontecem à nossa volta. Simbolicamente, é uma atitude mais “feminina”, passe a expressão.

A Sacerdotisa governa o nosso íntimo ser, o lado nocturno e lunar de cada um de nós. Sem racionalismos nem grande necessidade de acção, ela promove o nosso encontro connosco, com a nossa essência mais espiritual, que não precisa de palavras para se explicar. Ela guarda o véu que separa o que é visível do invisível, o que é do que já foi. Discreta, serena, a sua sabedoria é profunda, mas não se quer impor, apenas paira. É esta a energia íntima que nos vai virar para dentro, por estes dias. Teremos que lhe dar lugar…

Mas o que se passa à nossa volta exige que participemos. E a Temperança, mestre da Arte da alquimia, vem capacitar-nos para combinarmos os contrastes e encontrarmos nessa combinação novas realidades, diferentes do que se podia antecipar. Seremos moderadores, não neutros, antes participantes. Mais do que diplomacia, há aqui um sentido de integração do que se opõe, numa nova combinação. A Temperança está no olho do furacão, naquele lugar do meio onde se está parado e podemos ver tudo girar, combina a tranquilidade com a criatividade. É o “anjo da guarda” que inspira as soluções para os problemas que nos possam afligir.

Com estas duas energias combinadas, estaremos inspirados para nos encontrarmos connosco e ajudarmos os outros. Precisaremos do silêncio e da intimidade solitária, demo-nos esse tempo. Mas saberemos também gerir os conflitos, combinar os contrastes, criar as condições para que se encontrem as novas soluções.

Convém não esquecer que ambas precisam de se manifestar. Se não cuidarmos do nosso lado pessoal, íntimo e espiritual, não estaremos certamente capazes de fazer bom uso da Arte da Temperança. Talvez que a Sacerdotisa nos habite de noite, enquanto a outra se manifesta de dia, a primeira, na solidão, a segunda em público: duas forças que caminham a par, ainda que se não intersectem. Podemos fazer bom uso de ambas, se lhes dermos espaço e as deixarmos trabalhar.

Imagem : Keymaster Tarot, de Lorenzo Gaggiotti / Requiem Team, 2020

Clara Days

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: