Energia para a Semana 1-8/1/23:O MAGO I E O MUNDO / UNIVERSO XXI (COM O SOL XIX)

Por Clara Days:

Ideias-chave: criatividade com renovação; virar de página voluntarioso; ponho a vida em perspectiva e sou capaz de concretizar a minha vontade.

Esta combinação do Arcano 1 com o 21, último dos Arcanos Maiores, replica no Tarot o tipo de atitude que costumamos adoptar nesta altura do ano: um tempo de olhar para trás e para a frente, numa abordagem que se quer crítica e construtiva. O voluntarismo criativo do Mago combina-se com o virar de página que o Mundo anuncia, sob a benigna protecção do individualista Sol.

Comecemos pelo Mundo, ou Universo, que é o que mais se adequa a este tempo simbólico, transicional, de passagem de ano. Sob a influência desta carta, olhamos para o que se tem passado na nossa vida a uma distância que nos permite distinguir o essencial do acessório e retirar lições que nos servem para perspectivar o futuro. É o tempo para fazer a síntese final de uma etapa e preparar a seguinte, e tudo isto tem a ver com as decisões de Ano Novo que nos habituámos a formular. O que aqui se deve ressaltar é o quanto estas decisões têm de reflectir uma aprendizagem a partir do que fizemos antes, do que já nos aconteceu. Só podemos encetar uma etapa se conseguirmos rematar bem a anterior, não deixando pontas soltas que nos possam vir a embaraçar o caminho.

É aqui que pode entrar o nosso Mago, o Um que quer, cria, improvisa e de tudo é capaz, a fim de dar corpo às suas ideias. O voluntarismo do Mago é uma vontade aplicada, construtiva, que só faz sentido quando se materializa. Ele não tem apenas intenções, tem projectos a que se dedica, mobilizando inteligência e criatividade para concretizar o que antes desejou ou sonhou. Para o Mago não há impossíveis, ele é o elemento do Tarot que torna possível o que outros não são capazes de levar à prática. Aparecendo agora, nesta altura em que fazemos listas de (boas) intenções, ele pode acrescentar-lhes um aporte de realismo, definindo também as estratégias bem concretas que nos permitam levar à prática essas intenções.

Pairando sobre estes dois vem o Sol, protector dum Eu que se mostra e dá aos outros e assim se engrandece. Quando o Sol nos aquece os dias sentimo-nos mais soltos e fortes, podemos ser mais verdadeiros e seguros. Se conseguirmos reduzir-lhe a componente de egoísmo, teremos um Sol generoso e expansivo, que traz luz e assim torna as coisas mais claras e visíveis.

Temos, pois, hoje, primeiro dia do ano 2023, um conjunto de cartas que nos inspira um bom momento de preparação dos 364 dias que se lhe vão suceder. Temos a vontade do Mago, a visão do Mundo e a expansividade do Sol. Tudo parece favorável para que nos entreguemos a novos projectos concretos, sem pontas soltas do passado a atrapalhar, carregados de optimismo.

Bem-vindos a este novo ano do nosso calendário!

Imagem : Ostara Tarot, de Morgan Applejohn, Julia Iredale, Krista Gibbard e Eden Cooke, 2017

Clara Days

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers gostam disto: