Soltam-se as vontades….

Que grande agitação a desta semana… De segunda a quinta feira, ganhos e perdas de poder são acelerados pela conjunção anual do Sol a Plutão. É um trânsito que, para todos, representa de facto assistir, nas notícias ou na vizinhança a mudanças profundas na ordem das coisas- cabeças que rolam, outras que são chegam ao poder, viragens nas leis ou em contratos financeiros etc e, por outro lado é vivido individualmente nos nossos horóscopos pessoais, onde tivermos, por casa os 28 graus de Capricórnio. Será nessa casa onde a força do destino mais se fará sentir, porque aí conseguimos ou perdemos o que desejávamos ou tínhamos, conforme os aspectos desta união do Sol e Plutão em Capricórnio aos planetas e ângulos do Céu natal.

Esta conjunção é a maior condicionante da semana e é em relação a ela que os restantes aspectos pertinentes da semana se enquadram. Que as mudanças se farão em tensão contra a ordem estabelecida parece garantido, não só pela natureza da união Sol/Plutão mas também porque a Lua, as emoções em termos individuais e o povo em termos colectivos, está segunda e terça feira em Escorpião- que Plutão co-rege com Marte, em quadratura a Saturno em Aquário. Emoções e forças vitais alinham por sextil para um projecto de mudança profundas de estatuto ou poder a que a oposição da Lua a Urano em Touro ajuda a dar voz. A comunicação é chave em todo este processo e Marte em Gémeos, agora directo em quincúncio a Mercúrio que o rege também ilustra a tensão entre as guerras na comunicação e a palavra do poder. A tensão começa a desfazer-se depois de quarta feira quando Mercúrio entra directo e este é o segundo aspecto mais relevante da semana.

No dia 20 a Lua está conjunta a Plutão e as emoções intensificam-se para quem ainda está agarrado ao passado e não quer encaixar as consequências da conjunção Sol/Plutão do início da semana. Revolvidas as entranhas segue-se no mesmo dia o ingresso do Sol em Aquário, regido por Saturno e por Urano, o primeiro em trânsito em Aquário e o segundo retrógrado até ao início da próxima semana no signo do Touro. Quando o Sol sai de Capricórnio e entra em Aquário, os Céus sugerem que mudemos o foco da rigídez institucional, da ordem, do poder estabelecido, das estruturas das coisas, para as liberdades da existência, para as redes sociais, os interesse colectivos, a liberdade, igualdade, fraternidade que Urano simboliza mas que também tem de ser sujeita a leis a – outras- leis de Saturno, que não permitam despotismos. Saímos do piramidal para o transversal e é já aqui que se encontra Vénus em trânsito. Esta fez quadratura a Urano no domingo, 15, apelando não só à igualdade de oportunidades como à liberdade individual ou independência. A quadratura traz consequência de surpresas, cortes de relações ou despesas inesperadas. É com o que tivermos feito desses sobressaltos de domingo 15 que a semana se desenvolve numa conquista progressiva de autonomia, mas sem deixarmos de sentir o peso do mundo devido à conjunção de Vénus a Saturno no sábado e no domingo ou seja, em simultâneo com a Lua Nova de Aquário.

A conjunção do Sol à Lua em Aquário, no sábado 21, ocorre em sextil a Júpiter a Júpiter em Carneiro mas em quadratura ao Nódulo Norte em Touro para além de, como referido, Vénus estar em conjunção a Urano na Lua nova e no domingo 22. Há aqui muita agitação e contradição. Por um lado estamos de corpo e emoções virados para o mundo, o social, as iniciativas no colectivo, festas ou declarações de grandes princípios universais. Por outro temos de nos refrear porque há regras ainda a cumprir, podemos estar sujeitos a repressões ou podemos até estar em simultâneo com receio das consequências dos nossos impulsos. Como Saturno está envolvido há velhas narrativas de relacionamento pessoal, financeiro ou diplomático a serem revistas e se tivermos de agir e quisermos ter impacto no colectivo terá de ser sob novos parâmetros. É assim uma Lua Nova cheia de contradições que põe fim a uma semana agitada e que pede moderação e atenção para não fazermos aos outros aquilo a que não queremos estar sujeitos. No domingo pelo final do dia Urano entra directo na sequência da Lua nova no signo que rege e passamos a estar noutro patamar de mudanças onde temos de encontrar soluções novas para problemas velhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers gostam disto: