Durante todo o dia a maior preocupação é ter a certeza das coisas, a certeza de que os nossos valores são e estão seguros, que obtemos resultados palpáveis, que o que temos é estável, belo, rico, sólido, o que seja, mas acima de tudo nosso. É a Lua em Touro que levanta a ansiedade pela materialização do desejo e o seu trígono a Marte, pela tarde GMT, o que ajuda aos ajustamentos estruturais para termos mais garantias. Em simultâneo, a ajudar a que as acções sejam bem enquadradas e cumpram os objectivos pretendidos,  Marte,  do Caranguejo, faz um trígono a Saturno em Escorpião. No entanto, apesar dessa capacidade de empreender,  as coisas não são fáceis e a frustração surge sempre que desejamos mais do que o possível, quase o denominador mais baixo,  porque Saturno continua a estar- tal como desde o início da semana, em quadratura a Júpiter, Vénus e agora também a Mercúrio em Leão. Não podemos ser emocionais, apenas o sentido prático e a aceitação dos limites e responsabilidades salva o dia e permite chegar a resultados satisfatórios porque deixámo-nos de projecções e acabámos por encarar os factos. Não temos nem vamos onde queremos, apenas onde é possível. Eliminados os pensamentos tóxicos ou desfasados da realidade, mudamos e com isso conseguimos então alterar profundamente as estruturas de que dependíamos: o quincúncio do Sol em Leão a Plutão em Capricórnio, hoje em grau exacto, pede essa revolução do Ego, a humildade que substitui o orgulho, a generosidade em lugar do narcisismo. Para  quê? Para estimular o diálogo e concertação que o Nódulo Norte em Balança pede,  com muita conversa séria sobre temas matérias, emocionais, o peso da relação e com tudo bem explicado podemos esperar melhorar o equilíbrio entre as partes e atingir os resultados materiais e práticos ambicionados.

PDVD_026

astro_w2gw_66_carta_do_dia.64328.8239

Anúncios