Estamos em vésperas do segundo eclipse do mês, desta vez da Lua, a 24 graus de Peixes. Como já hoje a Lua transita esse signo não temos que esperar por amanhã para sentir o que está em causa, com a oposição ao Sol em Virgem a polarizar minúcia e ideais, local e universal, serviço e escapismo. A tensão torna-se ainda maior porque não podemos mesmo fantasiar com Saturno em Sagitário em quadrado à Lua conjunta a Neptuno em Peixes, pelo fim da tarde. Porque o Sol está em quincúncio a Urano em Carneiro a tendência é a de reagir sem pensar nas consequências mas há que aceitar limites e tirar daí vantagens e responsabilidades, o que permite que o eclipse difícil de amanhã acabe por ter um impacto construtivo. Também Marte em Sagitário está hoje quadrado a Quíron em Peixes antes de amanhã estar quadrado à Lua Cheia e eclipse. São sinais fortes de que temos de resolver feridas de afirmação, evitar explosões de zanga ou auto-flagelação e fazer deste eclipse uma verdadeira reviravolta emocional na busca de relações equilibradas, com a ajuda de Vénus e Júpiter em Balança.

astro_w2gw_28_carta_do_dia-53646-20646

Anúncios