Fim-de-Semana 21-22/6/20 – Solstício, Lua Nova, Eclipse do Sol!!!

Nada melhor que um eclipse para nos lembrar que o Sol nem sempre brilha em todo o lado nem para todos…

Este fim-de-semana temos nos Céus um evento raro porque se trata de uma tripla ocorrência. Em primeiro lugar é o Solstício: a partir de agora e até final de Dezembro, os dias serão cada vez mais curtos no hemisfério Norte e mais longos no Sul, numa inversão de Luz e de Escuridão a cujos horários e impacto climático temos de nos ajustar, depois da entrada do Sol em Caranguejo, como acontece todos os anos por volta de 20 de Junho.

Em segundo lugar, este ano, pouca horas depois do Solstício, também a Lua entra em Caranguejo, – o que faz dela uma Lua Nova- e como qualquer Lua Nova, recebe do Sol a Luz com que gradualmente ilumina as noites e o ciclo de emoções até à Lua Nova seguinte.

Ora, pela matemática infalível dos alinhamentos do Cosmos, esta Lua, por na sua trajectória se colocar entre a Terra e o Sol vai provocar o terceiro fenómeno do fim-de-semana, um eclipse anular da estrela do nosso sistema solar às 06.40 da manhã GMT de dia 21.

O eclipse será visível como um anel de fogo em partes de África e da Ásia, incluindo a República Centro-Africana, Congo, Etiópia, Sul do Paquistão, Norte da Índia, Coreia, China e parcialmente nas áreas geográficas circundantes. É de notar os conflitos que na última semana se re-acenderam entre alguns dos países que estão no caminho do eclipse.

 

Mas não é por não vermos o eclipse que ele não nos afecta interiormente, para além dos impactos mais vulgares de mudança de estação do ano e de fase lunar.

 

No fundo, são três eventos cósmicos para um virar de página, quer estejemos na trajectória do eclipse, quer não.

Começemos por olhar um pouco para o passado recente. Este eclipse do Sol, conjunto à Lua a 0 graus de Caranguejo no vai ser o último eclipse do Sol no conjunto de eclipses de Sol e Lua no eixo Capricórnio Caranguejo que desde o Verão de 2018 nos confrontam com opções entre segurança emocional e segurança formal, o que é do foro doméstico e do foro governamental, sentimentos e autoridade, o povo versus o poder.

Já escrevi longamente sobre o contexto deste eclipse e a correlação entre a série de eclipses de que faz parte e marcos relevantes da História.  Aqui estão os links para a parte 1
parte II e parte III em que a situação nos Estados Unidos é central devido ao impacto directo dos eclipses deste ano nos horóscopos de Trump e das eleições. Mas a  história pessoal também não é alheia às marés do Cosmos e muito menos a um eclipse em Caranguejo.

O Caranguejo é o signo do íntimo, familiar, doméstico, nacional. O seu simbolismo vem do animal Caranguejo que anda de lado debaixo de uma forte carapaça que o protege, com tenazes que não largam.  É o signo da dependência, da proteção, da abordagem indirecta, da segurança que se procura no que já conhece, na memória primordial das águas de infância.

Todos temos o signo do Caranguejo no nosso horóscopo e é aí que vai tocar esse eclipse. Claro que a interpretação do impacto pode ser aprofundada se soubermos em que área do horóscopo temos os 0 graus de Caranguejo e mais ainda se identificarmos onde temos a Lua natal ou que planetas estão por perto ou em aspecto.

Há, no entanto, generalidades que nos dão um quadro em que todos facilmente nos podemos rever.

Assim, no Solstício, dia do ano em que se invertem os tempos de Luz e de Escuridão por o Sol entrar em Caranguejo, que é o signo regido pela Lua, vemos iluminadas as nossas ligações ao íntimo, seguro, casa, família, país.

Mas por ser também este sábado o dia em que a Lua entra em Caranguejo- uma Lua Nova – vamos ver reveladas os medos, carências ou dependências nessas mesmas áreas.

E porque a Lua vai passar entre a Terra e o Sol, deixamos de ver, ter, sentir o Sol, o brilho de tudo a que nos agarrávamos, sem grande reflexão.  É como se a sombra da carência, da escuridão do sentir o que nos falta se sobreponha a toda a luz do que era instintivamente a nossa base de segurança.  Tomamos consciência de que aquilo que dávamos por certo e seguro era apenas uma emoção.. flutuante..insubstancial

Vem o eclipse, o Sol deixa de brilhar, há forças maiores que quebram dependências e é nessa nova escuridão que temos de desencantar novas forças para ver claro e fazer caminho com outra consciência.

Não é um eclipse fácil. Invoca de facto mudanças de valores que ocorrem de forma sofrida, geridas por pulsões, baseadas em ilusões que destroem outras ilusões…

Este eclipse acontece em conjunção fora de sigo ao Nódulo Norte em Gémeos, em quincúncio a Saturno em Aquário e em quadratura larga a Neptuno e Marte em Peixes.  Reforça a ideia de que vamos acreditar que estamos em segurança, que não queremos nem precisamos de restrições mas de facto tudo isso pode ser ilusão… ilusão essa que vamos ter de rever rapidamente porque Neptuno entra retrógrado dias depois do Solstício, a 23 de Junho,  seguido de Vénus directa em Gémeos a 26,  encorajando os contactos e viagens como se tudo fosse como dantes…- não nos esqueçamos da mudança global desde Janeiro com a conjunção de Saturno e Plutão no signo oposto ao Caranguejo.

 

O grande desafio deste eclipse é o de conscientemente criarmos novas bases de segurança, independentes, livres das que até agora nos serviam de modelo ou âncora. O Sol apaga-se para nos levar a ser flexíveis e a ver, no escuro, a escuridão em que estamos. A Lua Nova abre-nos o caminho para essa reconstrução íntima com Neptuno a revelar o ideal a seguir e não apenas a banhar-nos na fantasia de que tudo pode ficar como era. Não fica…

No horóscopo do eclipse sobre Lisboa é na casa 12 que tudo se passa, a casa do confinamento onde devíamos estar não fosse a ilusão de controlo dada pela quadratura a Marte e Neptuno e a pressão dos parceiros e organizações sinalizados por Plutão Jupiter e Saturno na 7, em sextil a Marte e Neptuno, com Saturno em trigono a Vénus regente da 4, em Gémeos na 11, a bem da  satisfação popular e da possibilidade de comércio e relações colectivas. Quíron em Carneiro na 10 regido por Marte conjunto a Neptuno em Peixes na 9 simboliza de facto a incapacidade e insatisfação com o que se idealizava poder fazer, sempre áquem do desejo ou expectativas de acção. E por fim, Marte em quadratura ao Nódulo Norte em Gémeos na casa 12 é o sinal claro do conflito entre a vontade imediata e o sentido de futuro. O Nódulo, eclipse, Sol e Lua Nova e Mercúrio na 12 dizem-nos Reflexão, Interiorização, Confinamento, Tomada de Consciência. Não dizem Go…

R.I.

 

3 thoughts on “Fim-de-Semana 21-22/6/20 – Solstício, Lua Nova, Eclipse do Sol!!!

Add yours

  1. Bom dia, obrigada. Gostaria de perguntar qual é o mapa natal de Portugal? Com que data e ascendente? Consideramos o ano de 1143? Mas nesse ano Lisboa não era ainda a capital, só veio a sê-lo vários séculos mais tarde.

    1. Catarina, desculpe o atraso na resposta… Há vários mapas para Portugal. O primeiro é o da Batalha de São Mamede, de 24 junho de 1128, em que D.Teresa mae de D. Afonso Henriques “perdeu” a ambição de ser senhora de Portugal. Depois o de 1143 em que pelo tratado de Zamora é reconhecida a emancipação de Portugal como reino independente. Depois há o de 1384 para a segunda e terceira dinastia, 1640 com a Restauração, o primeiro mapa da república de 31 de Janeiro de 1891,no Porto que morreu logo aí, e o da Instauração da República que começa a 2 e vai até 5 de Outubro de 1910. É sobre este ceu da República que se ve mt bem a história do século XX, Salazar, a guerra de Africa, o 25 de Abril, a adesão à Europa etc. E depois pode fazer-se os céus para cada legislatura a partir da data de tomada de posse de um governo…. Junta-se os horóscopos dos dirigentes e percebemos o que lhes vai na alma e o que se passa na prática… Obg!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: